14 de nov. de 2019

Não deixem de comparecer!



Ter Consciência. Fazer Consciência. Agir com Consciência. Ser Consciência.

Falando-se de consciência negra, todos nós sempre tomamos conhecimento e nos sensibilizamos com a história do negro, sua escravização, sua marginalização nas oportunidades, no tratamento, o que reafirma o estereótipo do negro escravizado, ou seja não tomamos consciência de realizar mudanças trazendo à tona uma valorização do legado histórico, cultural, gastronômico, agrícola, religioso e do vasto vocabulário integrado à linguagem indígena e europeia formam o nosso linguajar brasileiro, reconhecendo o grande legado que veio com o povo negro para o Brasil.

Oficina de Construção Cartográfica Olhares de Santa Cruz

Foi muito importante conferir os olhares da juventude que participou dessa oficina super necessária!